Guillaume Soro exige partida de Gbagbo e apela à desobediência na Côte d'Ivoire

Abidjan, Côte d'Ivoire (PANA) - Guillaume Soro, primeiro-ministro nomeado por Alassane Ouattara, reclamou novamente pela partida de Laurent Gbagbo da Presidência da Côte d'Ivoire  durante um briefing com a imprensa terça-feira em Abidjan.

Guillaume Soro denunciou execuções sumárias, violações, desaparecimentos e todas espécies de atrocidades contra os apoiantes de Alassane Ouattara, acusando os adeptos de Laurent Gbagbo de serem responsáveis por estes atos.

Exortou « o valente e orgulhoso povo ivoiriense, nos acampamentos, nas aldeias e na cidade a organizar-se, a mobilizar-se e a manifestar por todos os meios até a partida de Laurent Gbagbo do poder ».

Apelou igualmente aos Ivoiriesens para  a desobediência « ao Governo factício de Laurent Gbagbo» e convidou a comunidade internacional a assumir as suas responsabilidades diante de todas as atrocidades cometidas pelos apoiantes de Laurent Gbagbo.

« Quando a comunidade internvaional será persuadida que uma loucura mortífera está em curso na Côte d'Ivoire ?", interrogou-se Guillaume Soro.

A Côte d'Ivoire está murgulhada numa crise profunda desde a segunda volta das eleições presidenciais, das quais Alassane Ouattara e Laurent Gbagbo reivindicam a vitória.

-0- PANA GB/JSG/MAR/TON 22Dez2010

22 Dezembro 2010 10:17:01




xhtml CSS