Conselho de Entendimento cria Prémio FESPACO Félix Houphouët-Boigny

Abidjan, Côte d´Ivoire (PANA) - O Conselho do Entendimento, organização de cooperação regional na África Ocidental, instituiu um Prémio Fespaco Félix Houphouët-Boigny, soube a PANA sexta-feira junto da referida estrutura.

Este prémio visa encorajar a criação cinematográfica, temas ligados ao entendimento, da fraternidade, da solidariedade, da paz, da democracia, do Estado de direito, foi instituído durante a sexta reunião ordinária do Conselho de Ministros do Conselho de Entendimento organizada a 20 de dezembro último em Niamey, no Níger

Este prémio leva o nome do Primeiro Presidente ivoiriense que dirigiu o seu país do ano da sua acessão à soberania nacional e internacional em 1960, até à sua morte a 7 de dezembro de 1993 aos 88 anos de idade.

É o segundo prémio no plano internacional que leva o seu nome depois do criado em 1989 pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciências e Cultura (UNESCO) denominado Prémio Félix Houphouët-Boigny para a Busca da Paz.

O FESPACO ou ainda o Festival Pan-africano do Cinema de Ouagadougou, é um evento bienal que agrupa atores do cinema, depois de criado em fevereiro de 1969, visa promover o desenvolvimento da cinematográfia negra.

Além disso, do Grande Prémio Etalon de Yennenga, há dois Prémios Especiais.

Criado a 29 de maio de 1959, o Conselho do Entendimento conta cinco países membros que são o Benin, o Burkina Faso, a Côte d´Ivoire, o Níger e o Togo.

-0- PANA BAL/BEH/SOC/MAR/DD 27dez2014

27 Dezembro 2014 17:38:16


xhtml CSS