Cabo Verde implementa estretégia para aumentar empregabilidade de jovens

Praia, Cabo Verde (PANA) - Um encontro nacional para identificar janelas de oportunidades em prol de uma maior empregabilidade dos jovens inicia-se esta quinta-feira na cidade da Praia, sob a égide do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) de Cabo Verde, soube a PANA de fonte segura.

Uma nota do IEFP dá conta que, em 2014, a taxa de desemprego no arquipélago cabo-verdiano, que rondava os 15,8 porcento, sofreu uma queda de 0,6 porcento em relação à de 2013, “sendo que dos desempregados 16,5 porcento são do sexo masculino e 15,8 porcento do sexo feminino.

Segundo o documento, grande parte da população afetada é a juventude com idade compreendida entre os 15 e os 24 anos, ou seja 35,8 porcento da população do país, estimada em 498 mil e 897 habitantes, segundo dados do Banco Mundial de 2013.

Conforme adianta a mesma fonte, o IEFP, face a esse cenário, “tem tido a necessidade de reforçar o serviço de emprego nos centros de emprego e formação profissional do país, de modo a incrementar as respostas às preocupações dos jovens confrontados com maior dificuldade de inserção no mercado de trabalho”.

Um estudo apresentado em abril último pela Afrosondagem (instituição africana) concluiu igualmente que o desemprego, sobretudo o juvenil, continua a ser considerado pelos Cabo-verdianos como um maior problema nacional.

Por ocasião do 1º de Maio, Dia internacional dos Trabalhadores, a União Nacional dos Trabalhadores de Cabo Verde – Central Sindical (UNTC-CS), levou a cabo, na cidade da Praia, uma marcha para exigir medidas de combate a este flagelo, sobretudo na camada juvenil.

-0- PANA CS/DD 09julho2015

09 Julho 2015 12:17:24


xhtml CSS