Itália defende eleições brevemente na Líbia para se ultrapassar crise

Roma, Itália (PANA) - O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, sublinhou quarta-feira a necessidade de se "ultrapassar a letargia atual que abala o processo político na Líbia com a organização de eleições mais rápido possível", noticiou quinta-feira a imprensa italiana.

O chefe de Governo italiano fez estas declarações quarta-feira última na Câmara dos Representantes da Itália, em alusão a uma conferência internacional a  decorrer brevemente em Palermo, na Itália, sobre a crise líbia.

Para Conte, o encontro será a ocasião para a comunidade internacional manifestar a sua coesão e o seu apoio ao enviado especial das Nações Unidas na Líbia, Ghassan Salamé, que vai informar o Conselho de Segurança (CS) das Nações Unidas sobre a situação neste país.

A conferência de Palermo vai registar a presença de principais protagonistas da crise líbia, indicou o primeiro-ministro italiano, frisando no entanto não pensar poder resolver todos os problemas na Líbia.

-0- PANA YY/IN/JSG/MAR/DD 08nov2018

08 Novembro 2018 13:13:42


xhtml CSS