Inundações súbitas fazem 21 mortos no Malawi

Blantyre, Malawi (PANA) - Pelo menos 21 pessoas perderam a vida terça-feira no distrito de Mulanje, no sudoeste de Blantyre, a capital comercial do Malawi, depois de inundações que destruíram as suas casas, confirmou um alto dignitário da Administração do distrito.

Uma das vítimas teria perdido a vida no desabamento de uma casa.

"Choveu desde a semana passada e torrentes provenientes da montaha de Mulanje destruíram aldeias, levando consigo na sua passagem pessoas, gado, colheitas e casas. Infelizmente, oito pessoas não sobreviveram a esta catástrofe", segundo o oficial encarregado da planificação do distrito, Grey Mkwanda.

De acordo ainda com Mkwanda, centenas de famílias teriam perdido os seus abrigos depois destas indundações.

"As pessoas fugiram, à procura de refúgio nas escolas e nas igrejas situadas em terrenos mais elevados, outras estão em ar livre por falta de espaço", acrescentou.

Três pessoas perderam a vida terça-feira no bairro de alta densidade de Chilobwe, na localidade de Blantyre, quando as suas casas foram destruídas pelas águas.

Até tarde à noite terça-feira, a Polícia estava à procura de duas crianças que desapareceram depois das inundações ocorridas na localidade de Chibobwe, segundo o porta-voz da Polícia, Elizabeth Divala.

Ngumuya disse que as inundações destruíram casas inteiras. "Nestes casos, não posso acreditar que havia casas nestes lugares", declarou.

"Milhares de pessoas deslocaram-se para este vale que se situa na fronteira com Moçambique, depois de intensas inundações. Contudo, nenhuma perda em vida humana foi registada", disse.

-0- PANA RT/AR/BAD/IS/MAR/IZ 13jan2015

13 Janeiro 2015 23:28:08


xhtml CSS