Integração africana domina agenda da cimeira da UA

Banjul- Gâmbia (PANA) -- O ministro gambiano dos Negócios Estrangeiros, Lamin Kaba Bajo, declarou terça-feira que a integração africana dominará a agenda da cimeira da União Africana (UA) prevista para 1 e 2 de Julho na capital gambiana Banjul.
"Isto enquadra-se no tema da cimeira deste ano que é a integração africana regional", declarou Lamin Bajo por ocasião de um "briefing" com a imprensa no hotel que alberga o encontro preparatório desta reunião continental.
De acordo com ele, a harmonização das Comissões Económicas Regionais (CER) e outras medidas permitirão atingir o objectivo duma África unificada.
"Trabalhamos para os Estados Unidos de África enquanto esperamos encontrar uma melhor denominação", declarou Bajo, notando que a paz e a segurança são os maiores desafios a enfrentar para realizar uma integração global em África.
"Não pode haver desenvolvimento sem paz e segurança", declarou o ministro.
Neste sentido, a cimeira abordará as crises que assolam Darfur (oeste do Sudão), a Somália, a Côte d'Ivoire e a região dos Grandes Lagos.
"A unificação de África não é possível sem a resolução destes conflitos", frisou o ministro gambiano dos Negócios Estrangeiros.

28 Junho 2006 09:37:00




xhtml CSS