Inquietude crescente sobre estado de saúde de Mandela

Cidade do Cabo, África do Sul (PANA) - Apesar das garantias da Presidência sul-africana, os Sul-africanos estão cada vez mais preocupados com o estado de saúde do antigo Presidente e ícone internacional, Nelson Mandela, hospitalizado para exames médicos.

Desde que o antigo chefe de Estado de 94 anos de idade foi transportado sábado para o hospital a partir da sua aldeia natal do Qunu, em Transkei, a Presidência publicou dois breves comunicados, sem dar realmente uma informação sobre o estado de Mandela.

O porta-voz da Presidência, Mac Maharaj, confirmou a visita domingo do Presidente Jacob Zuma a "Madiba", que ele encontrou bem.

"Continuamos a pedir ao público e à imprensa para respeitar a sua vida privada e a da sua família", indicou Maharaj.

Mandela tinha sido hospitalizado no ano passado por uma infeção respiratória aguda, o que suscitou enormes especulações sobre a sua saúde.

Ahmed Kathrada, que passou vários anos na prisão com Mandela em Robben Island, declarou segunda-feira que milhões de Sul-Affricanos pensavam no ex-Presidente e rezavam por ele.

O antigo Presidente Thabo Mbeki, que sucedeu a Mandela em 1999, previu visitar o héroi da luta contra o apartheid segunda-feira.

-0- PANA CU/SEG/NFB/JSG/MAR/TON 10dez2012

10 Dezembro 2012 13:02:23




xhtml CSS