Início da nona edição do FITMO no Burkina Faso

Ouagadougou- Burkina Faso (PANA) -- A nona edição do Festival Internacional do Teatro e das Marionetas de Ouagadougou (FITMO) abriu as suas portas, sábado à tarde, em Ouagadougou, sob o signo da descentralização e da união dos conjuntos dramáticos de Ouagadougou (UNEDO) e do Centro Burkinabe do Instituto Internacional do teatro.
Durante dez dias, 18 tropas burkinabes, africanas, europeias e asiáticas provenientes de 13 países vão praticar continuamente, através de espectáculos de teatros, marionetas e danças milhares de participantes de Ouagadougou e de uma dezena de comunas do país.
No total, estão previstos 46 espectáculos de teatro, 14 de marioneta, seis de dança e três projecções de video e leituras de textos sobre o tema da "cultura de proximidade".
Esta edição vai igualmente oferecer um quadro local de encontros aos artistas, criar um mercado das artes do espectáculo e contribuir para o desenvolvimento da qualidade artística das representações dramáticas.
Pretende-se, por outro lado, oferecer ao público uma diversidade de aproximações teatrais.
Orientados desde 2001 para a descentralização do FITMO, os organizadores pretendem instar as autoridades comunais a investir na animação da vida cultural.
O director do FITMO, Jean Pierre Gingané, sublinhou, no seu discurso de abertura, que os vereadores "devem organizar uma festa para os seus artistas com a sua aplicação e a busca da sua valorização".
Esta edição, que termina a três de Novembro próximo, integra 83 artistas estrangeiros.
A oitava edição decorreu em Outubro de 2001, em Ouagadougou, e permitiu a três comunas participarem activamente.

26 Outubro 2003 20:52:00


xhtml CSS