Infeção do vírus Zika registada na América, África, Ásia e Pacífico

Genebra, Suíça (PANA) – No toal 22 países na América e quase 10 em África, Ásia e Pacífico  registaram casos de infeção pelo vírus Zika, provocada  pelo mosquito, indica a Organização Mundial da Saúde (OMS).

« A maioria destes países assinalaram casos esporádicos mas temos epidemias mais vastas no Brasil, na Colômbia,  em  Salvador,  no  Panamá e em Cabo Verde », indicou  aos jornalistas em Genebra o porta-voz da OMS, segundo um comunicado transmitido no fim de semana à PANA.

« No total,  três mil 893 presumíveis casos de microcefalia foram recentemente  assinalados em mais de 20 Estados do Brasil dos quais 49 mortes  e regista-se um caso em Hawaii,  alguém que se deslocou recentemente ao Brasil », acrescentou o responsável da OMS, sublinhando  que foram realizados estudos para determinar o laço  entre o Zika e a microcefalia.

Segundo a OMS, equipas estão a trabalhar com o Brasil entre outros países dos quais a Polinésia Francesa, que foi afetada por uma epidemia do vírus Zika em 2013 e 2014 que atacava o sistema nervoso  de vários pacientes.

O Zika provém do mesmo mosquito que transmite a dengue, a febre amarela e o chikungunya. A OMS indica que as melhores medidas de prevenção incluem  as mangas longas e as calças, os inseticidas e dormir sob um mosquiteiro impregnado. Relata-se que vários países estão a fazer igualmente o seu possível para eliminar as zonas de reprodução dos mosquitos.

Por enquanto, nenhum anúncio específico de proibição de viagem foi emitido pela OMS, mas os centros nacionais poderão emitir interdições de viagem aos seus cidadãos em função das provas de que eles dispõem.

Um perito vai dirigir-se aos jornalistas nas próximas semanas na sede das Nações Unidas em Genebra.

O Centro Americano de Prevenção e Controlo de Doenças indicou que o vírus Zika é transmitido às pessoas por intermédio da ferradura de mosquitos. Os sintomas  mais comuns do vírus Zika são a febre, as erupções cutâneas e a conjuntivite (olhos vermelhos). A doença  é geralmente benigna  com sintomas que podem durar vários dias a uma semana.

-0- PANA MA/ASA/TBM/FK/IZ 25jan2016

25 Janeiro 2016 07:58:47


xhtml CSS