Inaugurado em Nouakchott centro de formação à distãncia

Nouakchott- Mauritânia (PANA) -- Um Centro de Formação à Distância (CFED) foi inaugurado terça-feira em Nouakchott pelo chefe de Estado mauritaniano, Maaouya Ould Sid'Ahmed Taya.
Após ter cortado a fita simbólica, o presidente mauritaniano visitou as salas multimédia e de videoconferências, antes de seguir um intercâmbio com estruturas similares em Dakar (Senegal) e em Washington (Estados Unidos).
O novo instrumento, do qual as autoridades mauritanianas pretendem fazer "um centro excelente para a sub-região", tem como objectivo "permitir aos poderes públicos, privados e à sociedade civil o acesso, sem deslocação, a uma formação de qualidade graças às tecnologias de ponta", disse a secretária de Estado junto do primeiro-ministro encarregue das novas tecnologias, Fatimetou Mohamed Saleck.
O nascimento do centro de formação e de troca à distância de Nouakchott é fruto de uma cooperação entre a Mauritânia e a Agência para o Desenvolvimento Internacional (IDA).
O centro de Nouakchott integra todas as recentes tecnologias no domínio da videoconferência e da formação à distância.
A nível dos meios técnicos, dispõe de uma ligação VSAT com uma capacidade de 384 bibts/s, dando um acesso à videoconferência e uma conexão 24 horas sobre 24 à Internet, uma sala de videoconferência com uma capacidade de 30 pessoas, com computadores, duas salas multimédia com uma capacidade de 30 pessaoas, com 30 computadores e uma sala de tradução simultânea.
Fornece igualmente prestações tais como aulas e seminários, diálogos e trocas entre peritos, reuniões de quadros e actividades multimédia.
O centro de Nouakchott é o sétimo do género em África, ao passo que a rede mundial conta 57.

03 Setembro 2003 23:37:00


xhtml CSS