Imprensa homenageia Mandela no Gabão

Libreville, Gabão (PANA) - A imprensa escrita e audiovisual gabonesa prestou, durante toda a semana, uma forte homenagem a Nelson Mandela, que visitou por duas vezes o Gabão onde a bandeira nacional se manteve à meia haste em todo o país até domingo.

O diário governamental "L'Union" que divulgou, em várias páginas, as fotos mais significativas das visitas do antigo Presidente sul-africano ao Gabão, cita na sua manchete Nelson Mandela quando afirmou que "O Perdão Liberta a Alma, faz Desaparecer o Medo".

"Morte dum Herói", intitula o outro diário "Gabon Matin", que considera que Mandela foi "um homem político muito hábil e grande negociador, conseguiu desempenhar o seu papel,  que desembocou na edificação de uma África do Sul democrática e unida na sua diversidade.

"A morte de Mandela lembra nos que há poucos líderes em África e muito trabalho por fazer", sublinha o jornal "Infosplusgabon" que precisa que "Nelson Mandela foi um homem de grande valor, que, pelas suas ações, pelo seu combate pela liberdade, pela sua existência terá comovido as nossas vidas de maneira profunda, para lá de África".

Por seu turno, o jornal satírico "La Une" escolheu para título « Se Mandela Fosse Gabonês… », para insistir que "Nelson Mandela lutou, fez a guerra. Tal como o explicou num dos seus livros, este adepto da desobediência civil acabou, constrangido e forçado, para fazer a escolha da violência".

-0- PANA LAW/SSB/MAR/IZ 15dez2013

15 ديسمبر 2013 19:03:35


xhtml CSS