Importação de tilápia e peixes de ornamento proibida no Gana

Accra, Gana (PANA) – O Governo do Gana proibiu por seis meses a importação de todos os peixes de ornamento e das espécies de tilápia (mortas ou vivas) a partir de 1 de julho próximo, soube-se de fonte oficial em Accra.

Esta proibição afeta igualmente os ovos-gâmetas e líquidos destes peixes, na sequência duma epidemia do vírus da tilápia lacustre que se declarou em várias regiões do mundo, indica um comunicado do ministério da Pesca e Desenvolvimento da Aquacultura divulgado quinta-feira útima em Accra.

O vírus da tilápia lacustre constitui um vírus recentemente emergente responsável pelas taxas de mortalidade elevadas na criação de tilápia.

Vários casos foram assinalados em África, na Ásia e na América do Sul e o vírus representa um enorme risco para o setor mundial da produção de tilápia.

« Pelo que todos os países devem estar vigilantes e reagir rapidamente para investigar sobre os casos de mortalidade nas produções da tilápia », recomenda a nota.

O Ministério declarou que a proibição das importações representa uma das ações imediatas tomadas para prevenir e controlar o vírus porque, até ao momento, não existe nenhum tratamento conhecido.

O departamento ministerial comprometeu-se a acompanhar os programas de reforço das capacidades e de sensibilização a diferentes níveis para produtores, exploradores de incubadoras, agentes de divulgação, consumidores e o público em geral a fim de apoiar a execução dos programas de biossegurança simples a níveis das pecuárias.

Pediu aos utilizadores e atores deste setor para assinalar quaisquer problemas ligados ao vírus ao ministério.

A criação de tilápia no Lago Volta no Gana  constitui uma atividade frequente ao serviço duma larga base de cpnsumidores.

-0- PANA MA/FJG/IS/IBA/SOC/FK  29junho2018

30 Junho 2018 10:37:37


xhtml CSS