II Conferência sobre clima sublinha importância do acesso a serviços energéticos modernos

Addis Abeba, Etiópia (PANA) – O acesso aos serviços energéticos modernos torna-se numa prioridade para o desenvolvimento de África, segundo os participantes na segunda Conferência sobre as Mudanças Climáticas e o Desenvolvimento da África (CCDA-II), iniciada sexta-feira em Addis Abeba, na Etiópia.

"O desenvolvimento é a prioridade primeira de África e o acesso aos serviços energéticos modernos é crucial se quisermos enfrentar os desafios do desenvolvimento económico e social no continente ", sustentaram os participantes neste encontro que decorreu sob o lema "Progresso dos conhecimentos, Políticas e Práticas em matéria de mudança climática e Desenvolvimento".

Serviços energéticos modernos melhores, fiáveis e seguros contribuiriam para o reforço das possibilidades de produção, para a melhoria das condições de vida e para o incentivo do desenvolvimento económico, prosseguiram.

África está confrontada com a grave ameaça do aquecimento climático, que deverá afetar setores chaves incluindo a agricultura, o abastecimento em água, a energia e a segurança regional, lamentaram os participantes no encontro.

Para isso, sugeriram aos países africanos que tracem uma via de desenvolvimento que seja resiliente face às mudanças climáticas e à baixa taxa de carbono, incluindo o investimento num leque de fontes de energias renováveis e de outras fontes como o gás natural.

Ao declarar o ano de 2012  "Ano Internacional da Energia Sustentável para Todos", a Assembleia Geral das Nações Unidas quis promover um acesso mundial à energia sustentávela para todos até 2030 através das vias respeitadoras do clima, dos investimentos no rendimento energético e nas energias renováveis, indicam os participantes que fixaram como tarefas definir e analisar os desafios, os obstáculos e as perspetivas na matéria.

A CCDA-II concentrou em três sub-temas que visam ressaltar as estratégias e demonstrar as melhores práticas nas áreas do clima.

Trata-se da prestação de serviços climáticos para o desenvolvimento, do acesso à energia sustentável para todos os Africanos até 2030 e das questões pendentes nas negociações climáticas pertinentes para África.

-0- PANA IT/TBM/SOC/CJB/IZ 20out2012

21 Outubro 2012 16:08:39


xhtml CSS