Zimbabwe autoriza espionagem de comunicação privada

Harare- Zimbabwe (PANA) -- A Câmara Alta do Parlamento zimbabweano votou segunda-feira um projecto de lei sobre comunicação que autoriza os serviços de segurança a espionar as comunicações postais, telefónicas e via internet dos particulares e organizações por razões de segurança nacional.
O projecto de lei sobre intercepção das comunicações, ao qual se opuseram ferozmente organizações de defesa dos direitos humanos e a oposição, foi aprovado pela Câmara Baixa do Parlamento na semana passada e apenas necessita agora do aval do Presidente Robert Mugabe para entrar em vigor.
O Governo explicou que esta lei deverá permitir aos serviços de segurança lutar contra o terrorismo e outros crimes ligados à segurança de maneira mais eficaz.
Mas, a oposição e as organizações de defesa dos direitos humanos indicaram que isto violaria "a liberdade de expressão" dos cidadãos.
No quadro desta lei, todos os fornecedores de serviços postais, telefónicos e internet seriam forçados a instalar material que deverá permitir aos agentes de segurança interceptar os correios.
O Presidente zimbabweano deverá promulgar esta lei antes das eleições gerais previstas para inícios de 2008.

19 Junho 2007 10:31:00




xhtml CSS