Zambiana nomeada secretária-geral do Comesa

Lusaka, Zâmbia (PANA) - A ex-vice-ministra zambiana das Finanças, Chileshe Kapwepwe, foi nomeada secretária-geral do Mercado Comum da África Oriental e Austral (Comesa), soube-se quarta-feira de fonte oficial em Lusaka.

O anúncio da nomeação desta primeira mulher a ocupar este cargo foi feito quarta-feira durante a XX Cimeira do Comesa na capital zambiana.

Kapwepwe sucede a Sindiso Ngwenya, secretário-geral cessante, de nacionalidade zimbabweana.

Até a esta nomeação, ela foi presidente da Autoridade Aproveitamento da Zâmbia (ZRA, sigla em inglês) e diretora executiva duma Organização Não Governamental (ONG) denominada "Imiti Ikula Empanga".

Ocupou igualmente o cargo de administrador substituinte do Fundo Monetário Internacional (FMI) em Washington, nos Estados Unidos.

O Comesa é uma zona de livre comércio composta por 19 Estados membros, designadamente Burundi, ilhas Comores, Djibuti, Egto, Eritreia, Swatini (Swazilândia), Etiópia, Quénia, Líbia, Madagáscar, Malawi, ilhas Maurícias, Uganda, República Democrática do Congo, Rwanda, ilhas Seicheles, Sudão, Zâmbia e Zimbabwé.

Durante esta cimeira do Comesa, em Lusaka com o término previsto para quinta-feira, a Tunísia e a Somália vão juntar-se aos 19 membros.

O Comesa foi criado em dezembro de 1994 em substituição duma então zona comercial preferencial que existia desde 1981.

-0-PANA MM/MA/AKA/BEH/MAR/DD 18jul2018

18 Julho 2018 15:02:29


xhtml CSS