Zâmbia descarta acolher mais refugiados

Lusaka- Zâmbia (PANA) -- O Presidente zambiano, Levy Mwanawasa, declarou que o seu Governo não tinha nenhuma intenção de acolher 25 mil novos refugiados no país, noticiou segunda-feira o jornal governamental "Times of Zambia".
A declaração de Mwanawasa segue-se a informações da imprensa estrangeira que apontavam para 25 mil Zimbabweanos que estariam a caminho da Zâmbia fugindo os ataques xenófobos na África do Sul.
O Presidente Mwanawasa que regressa da recém-terminada IV Conferência Internacional de Tóquio sobre o Desenvolvimento de África (TICAD IV) decorrida no Japão, indicou que o Governo zambiano "não foi consultado sobre a questão do acolhimento dos refugiados".
Mwanawasa, citado pelo jornal, precisou que mesmo se a Zâmbia fosse solicitada para receber os refugiados, o país não tem capacidade de albergar os 25 mil refugiados.
Segundo ele, a Zâmbia que acolhe actualmente refugiados angolanos, não tem bastante alimento, alojamento, infraestruturas sanitárias e recursos para hospedar mais refugiados, e que o Governo está a repatriar os refugiados angolanos por falta de meios para os assistir.

02 Junho 2008 16:01:00


xhtml CSS