XXI cimeira do Comité dos Chefes de Estado da NEPAD inicia-se na Líbia

Sirtes- Líbia (PANA) -- A XXI cimeira do Comité dos Chefes de Estado e Governo encarregues da Aplicação da Nova Parceria para o Desenvolvimento de África (HSGIC-NEPAD) iniciou-se terça-feira em Sirtes, na Líbia, constatou a PANA no local.
Dois pontos importantes estão inscritos na agenda desta cimeira, precisamente a mobilização dos parceiros de África face à crise económica mundial e a integração da NEPAD nas estruturas e no processo da União Africana.
Os preparativos da reunião do G-8 que decorrerá de 9 a 10 de Julho próximo, em Roma, na Itália, serão abordados durante esta sessão, e os resultados e as consultas com a Presidência italiana da Cimeira do G-8 serão dados a conhecer aos participantes nesta cimeira.
Na sua qualidade de presidente do HSGIC, o primeiro-ministro etíope, Meles Zenawi, estimou que o impacto da crise económica mundial interpela os Africanos que devem reagir face à marginalização do continente.
A crise financeira, cuja consequência mais visível é a diminuição dos investimentos destinados a África, abacou por fragilizar as economias africanas, deplorou.
No entanto, ele estima que esta crise pode ser uma possibilidade para África, pois ela dá a oportunidade aos Africanos de rever as suas estratégias, pondo em causa a ordem económica mundial graças a uma presença financeira mais afirmada.
o que passa igualmente pela mobilização da poupança nacional.
A próxima cimeira do G-8 será a oportunidade para África fazer ouvir a sua voz e mobilizar mais recursos, frisou o chefe de Governo etíope, aludindo nomeadamente à luta contra os efeitos da muança climática e à aplicação de tecnologias limpas.
Sobre a integração da NEPAD nas estruturas da União Africana, Zenawi notou progressos que permitem esperar em breve o fim do processo.
"As estruturas estão a trabalhar afincadamente para que esta integração da NEPAD nas estruturas da UA se torne numa realidade", afirmou.
Antes de se separar, os chefes de Estado e de Governo do HSGIC decidirão sobre o lugar e a data da próxima cimeira da NEPAD.
O Comité dos Chefes de Estado e Governo da NEPAD é integrado por 20 membros que são os Camarões, o Congo, a República Democrática do Congo, o Gabão, a Etiópia, Madagáscar, o Sudão, o Ruanda, o Egipto, a Argélia, a Líbia, a Tunísia, a África do Sul, a Namíbia, o Malawi, o Lesoto, a Nigéria, o Senegal, o Mali e o Benin.

30 Junho 2009 20:57:00




xhtml CSS