Wade informa Kadafi de contactos sobre Darfur

Tripoli- Líbia (PANA) -- O Presidente senegalês, Abdoulaye Wade, informou terça-feira durante uma conversa telefónica o seu homólogo líbio, Muamar Kadafi, dos seus contactos com as partes abrangidas na questão de Darfur no quadro da iniciativa do Comité Africano de Sábios sobre o Sudão para a resolução do problema naquela província do oeste do Sudão.
De acordo com uma fonte oficial líbia, o Presidente senegalês aproveitou a oportunidade para apresentar ao líder líbio as suas felicitações por ocasião da Aid Al-Fitr, festa que marca o fim do mês de Ramadão (jejum dos muçulmanos).
Kadafi rebeceu a 16 de Outubro corrente em Tripoli o ministro senegalês dos Negócios Estrangeiros, Cheikh Tidiane Gadio, enviado especial do Presidente Abdoulaye Wade que informou o líder líbio da sua missão no Sudão no quadro da iniciativa do Comité Africano de Sábios.
O emissário do Presidente senegalês informou igualmente o líder líbio sobre os esforços a serem envidados por todas as partes com vista a pôr termo a este problema e a poupar a comunidade internacional de consequências graves caso ela se implique nesta crise.
O Governo sudanês recusa a resolução 1706 do Conselho de Segurança das Nações Unidas relativa à substituição da Missão de Paz da União Africana no Sudão (AMIS) por uma força de capacetes azuis da ONU.
O Conselho de Paz e Segurança (CPS) da UA, que se reuniu em Setembro último em Nova Iorque (Estados Unidos) a nível de chefes de Estado à margem da Assembleia Geral das Nações Unidas, decidiu reconduzir o mandato da força de paz africana no Sudão até 31 de Dezembro próximo.
O CPS pediu igualmente ao Comité de Sábios para envidar esforços junto do Presidente sudanês El-Béchir a fim de o convencer a aceitar o desdobramento duma força onusina na conturbada província de Darfur.

25 Outubro 2006 15:29:00




xhtml CSS