Vírus do Ébola faz um morto na Serra Leoa

Freetown, Serra Leoa (PANA) – A Serra Leoa declarou quinta-feira que uma pessoa morreu na sequência do vírus do Ébola, pouco tempo depois de a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarar que esta epidemia terminou na África Ocidental.

Os responsáveis sanitários notaram que dois testes efetuados na vítima, falecida esta semana no norte do país, eram positivos.

A OMS anunciou quinta-feira última o fim da recente epidemia do vírus do Ébola na Libéria e que todas as cadeias de transmissão conhecidas foram neutralizadas na África Ocidental.

No entanto, a OMS sublinhou que o trabalho não foi concluído e outros focos são esperados, afirmando que sistemas de controlo e de intervenção fortes serão essenciais nos próximos meses.

O anúncio feito quinta-feira última indicou que pela primeira vez desde a eclosão da epidemia, em dezembro de 2014, os três países (Guiné Conakry, Libéria e Serra Leoa) registaram zero caso.

A Serra Leoa foi declarada isenta de transmissão do vírus do Ébola a 7 de novembro de 2015 e a Guiné Conakry a 29 de dezembro último.

A OMS advertiu igualmente que os três países estão expostos a um risco elevado de pequenas epidemias do Ébola suplementares, como a declarada recentemente na Libéria.

-0- PANA MA/AKA/JSG/FK/TON 15jan2016

15 Janeiro 2016 14:35:28


xhtml CSS