Vírus Zika às portas de África

Genebra, Suíça (PANA) – A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou este fim de semana que o vírus Zika descoberto em Cabo Verde, depois de análises feitas pelo Instituto Pasteur de Dakar, é da mesma estirpe que o identificado na América do Sul.

Num relatório, a OMS supõe que o vírus descoberto em Cabo Verde provinha do Brasil, indicando que é a primeira vez que esta estirpe do vírus é descoberta em África.

Segundo a OMS, esta descoberta é preocupante porque é a prova de que o vírus está a espalhar-se fora da América do Sul e que está às portas de África, o que necessita dos países africanos o reforço da vigilância.

Para a Organização Mundial da Saúde, é preciso sensibilizar muito mais as mulheres grávidas aos perigos do vírus e reforçar a luta contra as picadas dos mosquitos que veiculam a doença.

Uma campanha de sensibilização deve também ser levada a cabo sobre as relações sexuais, acrescentou a OMS que indicou que sete mil e 557 casos suspeitos do vírus Zika foram registados desde a 8 de maio último em Cabo Verde.

-0- PANA AD/IN/BEH/MAR/IZ 22maio2016

22 Maio 2016 21:46:49


xhtml CSS