Vários migrantes em direção à Itália intercetados ao largo das costas tunisinas

Túnis, Tunísia (PANA) - Vários candidatos à migração clandestina para a Itália,  incluindo mulheres e crianças, acabam de ser intercetados a bordo de uma pequena embarcação de pesca, a 20 quilómetros da costa da Ilha de Kerkanneh, no sudeste da Tunísia, anunciou um comunicado do ministério tunisino da Defesa.

Capturados por uma patrulha da Marinha Tunisina, sábado último de manhã, os emigrantes  foram transportados em barcos da mesma entidade que interveio em apoi à dita patrulha, lê-se no comunicado..

No total de 219 indivíduos estavam a bordo do barco, dos quais 211 Tunisinos, entre os quais 211 homens, 11 mulheres e cinco crianças de um a cinco anos de idade, bem como sete Ivoirienses, dos quais uma mulher, e um Camaronês.

Interrogados, os emigrantes disseram ter deixado a Ilha Kerkanneh ilegalmente por volta da zero hora, isto na noite da sexta-feira a sábado, em direção à Itália.

Além disso, uma equipa da guarda costeira da zona de Mahdia, a 200 quilómetros a sudeste de Túnis, frustrou igualmente, no mesmo sábado de manhã, uma tentativa de navegação clandestina para as costas italianas, assinala-se.

Tratou-se da detenção de 18 pessoas, das quais um menor de idade e uma mulher, e do confisco de 10 mil dólares e de 250 euros na posse das mesmas, indicou uma fonte próxima da guarda costeira tunisina.

A Organização Internacional da Migração (OIM) anunciou a chegada, em abril último, de sete mil refugiados e migrantes à Europa, um número muito inferior às chegadas dos últimos anos ao mesmo destino.

-0- PANA YY/IN/BEH/DIM/DD 07maio2018

07 Maio 2018 12:52:31


xhtml CSS