Uso dentro em breve do GSP na luta contra gafanhotos

Nouakchott- Mauritânia (PANA) -- Um encontro internacional sobre o uso dos satélites, do "Global positioning system" (GPS) e das técnicas associadas na luta contra os gafanhotos peregrinos realiza-se desde domingo na capital mauritaniana, soube-se segunda-feira de fonte oficial.
O encontro de cinco dias reagrupa especialistas em luta contra acrídios, vindos da Mauritânia, Marrocos, Líbia, Tchad, Níger, Arábia Saudita, Irão, Tunísia, Mali e Sudão.
Peritos da Organização das Nações Unidas para alimentação e agricultura (FAO) participam também neste reunião.
Vários pontos serão examinados durante os trabalhos, nomeadamente os meios de intercâmbio e de transferência de dados, os resultados de experiências feitas por um projecto de técnicas de uso dos pesticidas e do sistema "Impress" de luta antiacrídica, bem como os aspectos preventivos desta operação.
Na região coberta pelos países de que são oriundos os participantes, o gafanhoto peregrino constitui uma ameaça constante para a agricultura e as pastagens, estimam especialistas, precisando que a Mauritânia é ao mesmo tempo uma zona de trânsito e de reprodução deste insecto.

16 Dezembro 2002 18:06:00


xhtml CSS