Universidade suíça lança Mestrado em Género e Paz no Senegal

Dakar- Senegal (PANA) – A ONG internacional "Femme-s Africa Solidarité" (FAS), sediada em Dakar (Senegal), e a Universidade da Paz de Genebra (Suíça) lançaram sexta-feira na capital senegalesa um curso de formação de Mestrado em Género e Construção da Paz.
"Pretende-se oferecer uma formação altamente qualificada sobre questões de paz e desenvolvimento através da perspectiva do género a nível nacional e regional", disse a directora da FAS, Binta Diop.
Falando sexta-feira em Dakar na abertura de um seminário de harmonização dos currículos entre as duas instituições, Binta Diop sublinhou que os módulos de formação desbruçarão sobre os conceitos centrais "Géneros e Resolução de Conflitos", "Liderança e Governação" e "Mulheres e Desenvolvimento".
Ela precisou que os cursos terão como alvos prioritários membros de organizações da sociedade civil, militares, pesquisadores e decidores políticos que actuam nos domínios do género, da resolução de conflitos e da construção da paz ou que queiram consolidar a sua perícia nestas áreas.
Por seu lado, o director do Programa África da Universidade da Paz de Genebra, Jean-Bosco Butera, disse que a descentralização desta formação em Dakar é uma resposta ao défice de peritos africanos em matéria de género, paz e desenvolvimento.
A formação terá lugar no Centro Panafricano para o Género, Paz e Desenvolvimento criado em Maio de 2005 em Dakar por inciativa da FAS.
A ONG Femmes Africa Solidarité (FAS) foi criada em 1996 em Genebra (Suíça) e tem como missão enfrentar a resolução de conflitos violentos no continente africano.

11 Março 2006 14:54:00


xhtml CSS