União Europeia financia programa de luta contra medicamentos falsos em África

Bruxelas, Bélgica (PANA) - A União Europeia decidiu financiar cerca de quatro milhões de euros para um projeto de apoio à luta contra a produção e o tráfico de medicamentos falsos, soube-se de fonte oficial.

Segundo um comunicado do Conselho dos Estados-membros transmitido terça-feira à imprensa em Bruxelas, estes créditos que se estenderão por três anos servirão para financiar o projeto no Senegal, no Gana, nos Camarões e em Marrocos.

Estes países situam-se ao longo das duas principais vias de produção e tráfico de  medicamentos falsos provenientes, por um lado, da Península Arábica e do Médio Oriente para a África Ocidental e a África Central e, por outro lado, da África Oriental e do Corno de África para a África Central via Sudão.

O projeto centra-se na atualização do quadro regulamentar relativo à produção e à circulação de medicamentos falsos, na elaboração duma estratégia nacional nos diferentes países visados, no reforço da cooperação interagências e na melhoria da cooperação transfronteiriça, bem como em campanhas de sensibilização.

Segundo um relatório da Organização Mundial da Sáude (OMS), o tráfico de medicamentos falsos causa anualmente a morte de pelo menos 100 mil pessoas em África e rende 57 biliões de euros aos traficantes.

-0- PANA AK/JSG/IBA/MAR/IZ 08abril2014

09 Abril 2014 09:39:55


xhtml CSS