União Europeia defende aceleração de processo de transição política na Líbia

Tripoli, Líbia (PANA) - A alta representante da política estrangeira da União Europeia (UE), Federica Mogherini, defende mais esforços com vista à aceleração do processo de paz e à  conclusão da transição política na Líbia.

Numa conversa telefónica sábado com o presidente do Conselho Presidencial líbio, Fayez al-Sarraj, Mogherini apelou aos órgãos legítimos líbios para envidarem esforços a fim de concluir a  transição.

A chefe da diplomacia europeia anunciou por outro lado que a crise líbia estaria na agenda duma reunião, no mesmo dia, em Nova Iorque, nos Estados Unidos, dos ministros dos Negócios Estrangeiros da UE, à margem da Assembleia Geral das Nações Unidas.

Mogherini reiterou o apoio da UE ao governo de reconciliação nacional na Líbia, bem como aos esforços de Fayez al-Sarraj e às medidas tomadas para se remediar a situação e garantir a segurança dos cidadãos.

Também prometeu participar em fóruns internacionais e na Líbia em prol da segurança e a estabilidade, lê-se num comunicado publicado sábado pelo Escritório de Informação de al-Sarraj

A diplomata europeia frisou que o povo líbio merece viver em paz e segurança, apelando por isso aos órgãos legítimos para acelerarem a cadência a fim de levar a cabo a fase de transição em direção à instauração de instituições democráticas estáveis, capazes de realizar os interesses dos Líbios, de acordo com o mesmo documento.

-0-PANA BY/BEH/DD 09set2018

09 سبتمبر 2018 17:41:50


xhtml CSS