União Europeia advoga parceria contínua com África

Bruxelas, Bélgica (PANA) - A alta representante da União Europeia (UE) para a Política Externa e Segurança, Federica Mongherini, insistiu segunda-feira em Bruxelas na importância da continuação da parceria entre a Europa e África, de acordo com Agência Italiana de Notícias (AKAI).

Presidindo, no mesmo dia, a uma reunião dos ministros dos Negócios Estrangeiros da UE e dos seus homólogos de cinco países africanos, designadamente Mauritânia, Mali, Burkina Faso, Níger e Tchad, Mongherini indicou que "garantir a estabilidade e realizar a segurança e o desenvolvimento é um investimento na nossa própria segurança".

A União Europeia  desbloqueou oito biliões de euros para países africanos parceiros para o período 2014-2020 dividido em dívidas e ajudas para o financiamento de projetos de desenvolvimento e de segurança.

Também concedeu 400 milhões de euros, desde 2017, para instaurar uma força africana comum apoiada financeira e logisticamente por outros países parceiros a fim de controlar a segurança das fronteiras líbias e levar a cabo a luta contra a migração clandestina.

A UE quer igualmente generalizar a experiência de cooperação lançada no Níger onde estão agrupados repatriados da Líbia antes de os repatriar ou transferir para outros países africanos.

Esta reunião de Bruxelas enquadra-se no trabalho comum levado a cabo pelas duas partes para reforçarem a parceria sobre questões ligadas à segurança comum, à estabilidade e ao desenvolvimento em África.

-0- PANA YY/IN/BEH/SOC/MAR/DD 19junho2018

19 Junho 2018 11:22:04


xhtml CSS