União Africana e Nações Unidas condenam ataques contra sua missão conjunta em Darfur

Addis Abeba, Etiópia (PANA) – A presidente da Comissão da União Africana (CUA), Nkosazana Dlamini-Zuma, e o Secretário-Geral (SG) da Organização das Nações Unias (ONU) , Ban Ki-moon, condenaram os ataques perpetrados quarta-feira última contra a Missão Conjunta da UA e ONU de Manutenção da Paz em Darfur (MINUAD) por desconhecidos armados que fizeram um morto e um ferido entre os capacetes azuis sul-africanos.

Num comunicado conjunto publicado quinta-feira última pela CUA, os dois responsáveis   apresentaram as suas sentidas condolências à família enlutada e ao Governo da África do Sul, desejando ao mesmo tempo  ao ferido uma cura completa e pronta.

Os incidentes ocorreram a 40 quilómetros a sudoeeste de Kutum, em Darfur-Norte (oeste sudanês), numa altura em  que os capacetes azuis efetuavam uma patrulha no local, de Kutum a Djarido.

A presidente da CUA e o SG da ONU apelaram às partes em conflito em Darfur para respeitarem a integridade da força de manutenção da paz.

« Exortaram as autoridades sudanesas a realizarem um inquérito rápido sobre o sucedido julgando os culpados em Tribunal , acrescenta o comunicado.

-0- PANA AR/ASA/BEH/SOC/FK/DD 11março2016

11 Março 2016 15:42:55




xhtml CSS