União Africana deseja envio rápido de tropas africanas ao Mali

Addis Abeba, Etiópia (PANA) - A União Africana (UA) deseja "vivamente" um desdobramento rápido das tropas africanas da Missão Internacional de Apoio ao Mali (MISMA), declarou quinta-feira, em Addis Abeba, o diretor do Departamento de Paz e Segurança da Comissão da UA (CUA), El Ghassim Wane.

"O nosso desejo é obter dos Estados fornecedores de tropas um desdobramento tão cedo quanto possível. Contudo, é preciso convir que este processo precisa de tempo. Não desejamos portanto limitar-nos a prazos absolutos", sublinhou Wane durante uma conferência de imprensa organizada na véspera da XX Cimeira da UA.

Ele lembrou que uma conferência internacional dos doadores da MISMA está prevista para 29 de janeiro corrente na capital etíope.

Perto de três mil e 300 soldados provenientes dos países da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) aos quais se acrescentam dois mil militares mobilizados pelo Tchad são aguardados no Mali nos próximos dias.

As tropas africanas colocadas sob o comando dum general nigeriano, Sehu Usman Abdulkadir, apoiado por um outro general do Níger, Seyni Garba, participarão, graças ao apoio das forças francesas envolvidas na operação "Serval" visando a libertação do norte do Mali ocupado há cerca de 10 meses por grupos islamitas.

-0- PANA SEI/TBM/SOC/MAR/DD 25jan2013

25 Janeiro 2013 08:51:18




xhtml CSS