União Africana assina protocolo de acordo com Centro Africano de Arroz

Lagos, Nigéria (PANA) – Tendo em conta a importância estratégica do arroz na busca da segurança alimentar e na redução da pobreza, a Comissão da União Africana (UA) e o Centro Africano do Arroz (Africa Rice) decidiram quarta-feira promover juntos o setor do arroz no continente graças à pesquisa, ao desenvolvimento e a um reforço das competências.

O elemento essencial do acordo comporta a política de pesquisa e de análise, a promoção das tecnologias de produção e de sistemas de inovações agrícolas.

Ele abrange igualmente uma política de comunicação para facilitar o diálogo para informar, melhorar a conceção e a disponibilidade dos alimentos e das políticas agrícolas nos países membros da UA.

« Isto facilita para criar a vontade política para fazer avançar o setor do arroz em África », declarou o diretor-geral do Africa Rice, Papa Abdoulaye Seck, durante a assinatura do protocolo.

Apesar das melhorias significativas na produção local de arroz em vários países africanos em 2008 e em 2009, a região importa quase 40 porcento do arroz que ela consome, o que a torna muito exposta aos choques do mercado internacional.

Contudo, o diretor-geral do Africa Rice explicou que a colaboração com a UA vai facilitar o laço necessário com os decisores políticos para transformar o setor do arroz.

« África pode contornar a situação já que ela dispõe de imensas terras cutliváveis subutilizadas, recursos hidráulicos e várias opções tecnológicas, desenvolvidas pela Africa Rice e pelos seus parceiros, já estão disponíveis », declarou Papa Abdoulaye Seck.

O acordo foi assinado na sede da UA, em Addis Abeba, na Etiópia, pela comissária da UA para a Economia Rural e Agricultura, Rhoda Peace Tumusiime, e pelo diretor-geral do Africa Rice, Papa Abdoulaye Seck, em nome de 24 países membros do Centro.

« Hoje, a Comissão da UA dispõe duma oportunidade para dar passos concretos para a realização da visão que as nossas instituições partilham : a duma África libertada da fome e da pobreza », declarou Rhoda Tumssiime.

A cerimónia de assinatura foi seguida por uma reunião técnica para explorar os domínios de colaboração, entre os quais o desenvolvimento duma abordagem de cadeia de valor regional e duma iniciativa de mercado comum para o arroz.

Ela entra no quadro da parceria existente entre o Departamento da Economia Rural e Agricultura da UA (UA-DREA), a Organização para  a Alimentação e Agricultura (FAO) e a Comissão Económica das Nações Unidas para África (CEA) para desenvolver cadeias de valor regionais para os produtos agrícolas estratégicos.

-0- PANA SB/BOS/ASA/AAS/SOC/MAR/TON 21julho2011

21 Julho 2011 11:08:56


xhtml CSS