União Africana anuncia iniciativa de paz na Líbia

Tripoli, Líbia (PANA) – O Presidente tchadiano, Idriss Deby Itno, anunciou, terça-feira, em Addis Abeba (Etiópia), uma iniciativa africana para resolver a crise líbia, com o reforço do consenso neste país da África do Norte abalado pelo caos há mais de cinco anos.

« África está abalada pela situação na Líbia e, consciente desta realidade, a União Africana (UA) anunciou uma iniciativa visando resolver a crise no país, em cooperação com os países vizinhos, com a Organização das Nações Unidas (ONU) e com a Liga Árabe, na busca da reconciliação », precisou Deby citado quarta-feira pela imprensa líbia.

Falando durante uma reunião dos países vizinhos da Líbia e do Alto Comité da Comissão da UA  para a Líbia, organizada na capital etíope, Idriss Deby afirmou que a iniciativa releva da necessidade de ter "uma reconciliação nacional global inclusiva".

Ela decorre também da necessidade de rejeitar qualquer exclusão do processo político de qualquer parte no país e considerar como referência o acordo político assinado, em Marrocos, sob os auspícios das Nações Unidas em finais de 2015.

Apelou para a necessidade de as partes líbias "evitarem qualquer ingerência e assumir a  sua responsabilidade para formar um Governo de reconciliação nacional ».

O Presidente tchadiano revelou ainda a intenção da UA de reunir todas as partes no processo político sobre a Líbia.

A situação na Líbia é "muito complicada devido à ausência de acordo entre as partes e  há divisões e conflitos de interesses que dominam a conjuntura política no país", disse.

Segundo ele, a iniciativa africana visa uma ampla participação das partes líbias e dar um novo impulso às negociações e à saída da crise institucional.

-0- PANA BY/JSG/MAR/IZ 09nov2016

09 Novembro 2016 23:32:18




xhtml CSS