USAID e AGRA lançam projeto para melhoria da produção de agricultores no Quénia

Nairobi, Quénia (PANA) – A Agência Norte-americana para o Desenvolvimento Internacional (USAID) e a Aliança para a Revolução Verde em África (AGRA) vão lançar quarta-feira no Quénia  um projeto visando melhorar a produtividade e o acesso dos agricultores aos mercados africanos.

O projeto, intitulado « Melhorar a Produção Agrícola e os Mercados dos Fertilizantes e Produtos Agrícolas em África (SAIOMA), será lançado em Nairobi, a capital queniana, durante um debate sobre as soluções para a segurança alimentar e um fórum de um dia para examinar a questão dos financiamentos a favor da agricultura e do acesso aos fertilizantes, sem esquecer o reforço do laço entre a agricultura e a nutrição.

O projeto completa as outras iniciativas da AGRA em matéria de acesso aos mercados e vai trabalhar com as administrações locais em Kiuti,  Meru North, Taraka Nithi e Machakos, em conformidade com as suas próprias prioridades de desenvolvimento agrícola, indica um comunicado conjunto divulgado pela AGRA e pela USAID.

O SAIOMA é uma aliança para o desenvolvimento mundial, criada há três anos entre a USAID, a Fundação Bill & Melinda Gates e o Ministério dos Negócios Estrangeiros da Suécia e executado no Quénia, no Malawi e na Zâmbia.

No Quénia, o projeto deverá beneficiar 100 mil pequenos produtores agrícolas e 550 distribuidores de fertilizantes agrícolas nos quatro departamentos do leste do Quénia.

-0- PANA SEG/ASA/SSB/IBA/FK/IZ 16fev2014

16 Fevereiro 2014 19:17:30


xhtml CSS