USAID doa $ 6 milhões para educação de crianças no Sudão do Sul

Abidjan, Côte d’Ivoire (PANA) – A Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) concedeu um fundo suplementar de emergência de seis milhões de dólares americanos ao Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) para financiar a educação das crianças e dos jovens afetados pela guerra civil no Sudão do Sul.

Segundo um comunicado transmitido esta terça-feira à PANA, este apoio financeiro vai elevar para 200 mil o número de beneficiários dos serviços da educação de emergência na província de Pibor, no Estado de Jonglei.

Pibor é uma das localidades do Sudão do Sul menos desenvolvidas. O conflito obrigou várias raparigas a deixar a escola para casamentos precoces, enquanto os rapazes de apenas 14 anos ingressaram ou foram recrutados em grupos armados.

Em janeiro último, o grupo armado "Cobra Faction" começou a libertar as crianças provenientes da sua ala. Um total de mil e 757 petizes foram libertos na província de Pibor, 145 dos quais começaram a participar nas aulas na escola primária.

O embaixador dos Estados Unidos no Sudão do Sul, Molly Phee, notou que educar a futura geração constitui a base dum futuro pacífico e próspero para todos os países e que há várias décadas as crianças do país tiveram de renunciar à possibilidade a aprender a ler e escrever devido à guerra.

Os Estados Unidos são um dos maiores doadores de fundos do Programa de Emergência da Educação do UNICEF e concederam durante muito tempo o seu apoio à educação no Sudão do Sul.

Esta contribuição suplementar eleva para 23 milhões e 500 mil dólares a soma da subvenção total da USAID ao UNICEF para a educação de emergência no Sudão do Sul nos últimos dois anos.

-0- PANA BAL/JSG/FK/TON 25agosto2015

25 Agosto 2015 17:14:38


xhtml CSS