UNICEF mobiliza $ 10 milhões de dólares contra Ébola na República Democrática do Congo

Kinshasa, República Democrática do Congo (PANA) - O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) mobilizou mais de 10 milhões de dólares americanos para enfrentar a nona epidemia de Ébola que imperou durante mais de dois meses na província de Equateur, noroeste da República Democrática do Congo (RDC), indica um comunicado da referida instituição a que a PANA teve acesso.

De acordo com o comunicado,  equipas do UNICEF na RDC ativaram-se imediatamente para ajudar o Governo a conter a propagação da doença com uma atenção particular para comunidades em risco, incluindo crianças.

A resposta do UNICEF a esta epidemia consistiu nas atividades de comunicação e de mobilização da comunidade, no abastecimento de água e na promoção da higiene com vista a  previr a propagação da doença.

A agência especializada das Nações Unidas deu ainda assistência psicossocial às famílias afetadas pela epidemia.

"Graça à cooperação e ao apoio de todos os parceiros, incluindo a Organização Mundial da Saúde (OMS), sob a coordenação do Governo congolês, através do ministério da Saúde, o UNICEF conseguiu mobilizar comunidades para levar as pessoas a adotarem comportamentos preventivos e satisfazerem de forma eficaz às necessidades das famílias e crianças", declarou  o representante da referida instituição no Congo, Gianfranco Rotigliano, citado na nota..

Essas intervenções permitiram a mais de 160 mil pessoas erem acesso a água potável e a mais de um milhão de pessoas em risco informarem-se sobre métodos de prevenção contra epidemia de Ébola.

Além disso, 53 famílias e quase 600 pessoas afetadas pela epidemia, especialmente crianças, receberam um apoio psicossocial.

Os Governos Estados Unidos, através da sua Agência para a Ajuda Internacional e o Desenvolvimento (USAID), do Japão e do Canadá, da União Europeia e o Banco Mundial, entre outros parceiros, contribuíram neste programa de mobilização, indica o texto.

O fim da epidemia de Ébola na província de Equateur foi declarado terça-feira última, com um registo de 54 casos, dos quais 33 mortos e 21 sobreviventes.

A nona epidemia de Ébola foi declarado a 8 de maio de 2018 na mesma província congolesa.

-0- PANA KON/JSG/DIM/DD 27julho2018

27 july 2018 11:21:47


xhtml CSS