UNICEF lança vacinação aniti-sarampo em Darfur

Addis-Abeba- Etiópia (PANA) -- Uma campanha de vacinação visando mais de 2 milhões de crianças contra o sarampo está actualmente em curso na região sudanesa de Darfur, soube a PANA, segunda-feira, junto do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e da Organização Mundial da Saúde (OMS).
Os organizadores desejam atingir 2,26 milhões de crianças antes de Julho, início da estação das chuvas que torna os deslocamentos quase impossíveis naquela região.
Segundo a directora geral da UNICEF, Carol Bellamy, cerca de um quarto das crianças de Darfur manifestam sinais de desnutrição, o que os torna mais vulneráveis ao vírus do sarampo.
"Temos o potencial de salvar 50 mil vidas impedindo uma epidemia de sarampo", disse.
A campanha, que vai durar um mês, é dirigida pelo Ministério sudanês da Saúde, a OMS e a UNICEF, em colaboração com diversas organizações humanitárias nacionais e internacionais.
Milhares de veículos foram mobilizados para levar as vacinações a todas as províncias do Darfur.
"Além de salvar a vida das crianças, espera-se que, facilitando o acesso às populações atingidas pela crise e permitindo uma avaliação do seu estado de saúde, a campanha ofereça meios para responder melhor às necessidades urgentes das populações em matéria de Saúde", disse o director-geral da OMS, Lee Jong Wook.
Esta campanha de vacinação é financiada pela Grã-Bretanha, Estados Unidos, União Europeia, Países Baixos, UNICEF, OMS e a pela Fundação Bill e Melinda Gates.
O Sarampo é uma doença infeciosa que ataca sobretudo as crianças desnutridas, estando entre as principais causas de mortalidade infantil no mundo, nomeadamente em África.

07 Junho 2004 20:52:00




xhtml CSS