UNICEF intensifica operações no Sudão

Cartum- Sudão (PANA) -- A directora executiva do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), Carol Bellamy, insistiu, terça- feira, na necessidade de intensificar a prestação dos serviços de educação e saúde nas regiões sudanesas afectadas por conflitos, particularmente o Darfur.
O ministro interino sudanês dos Negócios Estrangeiros, Alkheir Abdelwahab, que se avistou com Bellam, agredeceu ao UNICEF pelos seus projectos no Sudão, particularmente nos domínios da saúde, educação, protecção do ambiente e abasteciemtno em água potável.
Abdelwahab reafirmou o compromisso de Cartum para uma parceria efectiva e uma cooperação construtiva com o UNICEF a fim de satisfazer as necessidades das populações afectadas pela guerra.
Bellamy sublinhou, por seu turno, as medidas tomadas pelo governo para a distribuição de ajuda humanitária à região de Darfur assolada pela guerra, bem como os esforços consentidos para garantir a segurança e o bem-estar das mães e das crianças na região.
A semana passada, o UNICEF lançou uma vasta campanha de vacinação das crianças contra o sarampo e a poliomielite em Darfur, onde 10 mil pessoas morreram e cerca de um milhão ficaram deslocadas em 15 meses de combates entre os movimentos rebeldes, dum lado, e as forças governamentais e as milícias árabes pro-Cartum, do outro.
O Movimento Justiça e Igualdade (MJE) e o Movimento da Libertação do Sudão (MLS), alegando negligência de que é vítima a sua região por parte do poder central, pegaram em armas contra o governo de Cartum em Fevereiro de 2003.
Várias organizações humanitárias internacionais acusaram as forças governamentais e as mílicias árabes aliadas de cometerem violações generalizadas dos Direitos Humanos contra as populações negras de Darfur.

16 Junho 2004 16:31:00




xhtml CSS