UNICEF alerta para terrível violência contra crianças na República Centroafricana

Nova Iorque, Estados Unidos (PANA) – O representante do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) na República Centroafricana (RCA), Souleymane Diabaté, indicou que as crianças que vivem neste país estão submetidas uma “terrível violência”.

Diabaté,  que falava terça-feira em Nova Iorque aos jornalistas da Organização das Nações Unidas (ONU), exortou a comunidade internacional a «levantar-se» para acabar com a violência tão cedo quanto possível, a fim de salvar crianças e toda a população.

«Se vocês olharem nos seus olhos (destas crianças), vocês vão notar que elas estão perdidas. Mas não é somente por causa da violência,  mas também da brutalidade e das mutilações”, indignou-se.

Afirmou que, desde dezembro de 2013, cerca de 194 crianças foram mutiladas e assassinadas, nomeadamente por decapitações macabras.

«A situação das crianças na RCA está muito frágil», alertou Diabaté a propósito deste país onde cerca de 500 mil pessoas estão deslocadas no interior.

O representante do UNICEF na RCA acrescentou que se trata de um pesadelo que infelizmente  é muito real.

«A RCA é uma crise esquecida. Fala-se cada vez mais da Síria, do Mali e, agora, da Ucrânia. Toda a população da RCA, incluindo as crianças, está direta ou indiretamente afetada pela crise”, concluiu Diabaté.

-0- PANA AA/MA/AKA/IS/SOC/FK/DD  15maio2014

15 Maio 2014 09:06:26




xhtml CSS