UNESCO forma 35 líbios em técnicas de conservação arqueológica

Tripoli, Líbia (PANA) – Trinta e cinco Líbios foram formados em técnicas de conservação arqueológicas pela Representação da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) em Tripoli, anunciou o diretor do Serviço das Arqueologias, Tawfik Nanel.

O programa de formação envolveu nomeadamente a gestão e a conservação das zonas arqueológicas e dos museus, bem como o armazenamento dos elementos arqueológicos descobertos, de quadros murais, de pedras, de elementos cerâmicos.

A Representação da UNESCO na Líbia executa programas  de controlo das zonas  arqueológicas, realizando ao mesmo tempo operações de manutenção das mesmas.

A UNESCO renovou objetos artísticos do museu Beni Walid, deteriorados durante os acontecimentos da Revolução de 17 de Fevereiro de 2011, indica-se.

Ela renovou também vários outros artefatos simbólicos, pertencentes nomeadamente às zonas arqueológicas de Vila Siléne que remontam à época romana, indica-se.

-0- PANA AD/IN/JSG/IBA/FK/DD 12julho2013

12 Julho 2013 15:36:47


xhtml CSS