UE envia socorristas ao Uganda para combater vírus de Marburgo

Bruxelas, Bélgica (PANA) – A Corporação Médica Europeia, criada pela União Europeia (UE), em 2016, para responder às crises sanitárias, vai ser enviada ao Uganda que regista o surto da epidemia do vírus de Marburgo que já causou vários mortos, soube-se de fonte oficial em  Bruxelas.

Segundo um comunicado da Comissão Europeia, o órgão de socorros da UE vai instalar naquele país um laboratório móvel oferecido pela Alemanha, e peritos europeus serão enviados para trabalhar com especialistas ugandeses do Ministério da Saúde e outros provenientes dos Estados Unidos bem como da Organização Mundial da Saúde (OMS).

O comissário europeu para a Ajuda Humanitária e Situações de Crise, Christos Tylianides, declarou que a UE pretende ocupar-se o mais cedo possível da crise sanitária no Uganda ao enviar socorristas para salvar as vidas humanas  e prevenir que a epidemia se propaga a vários outros países da região e a outras zonas.

Lembre-se que a Corporação Médica Europeia interveio em 2016 na RD Congo e em Angola.

O vírus de Marburgo mata em poucos dias qualquer pessoa infetada.

-0- PANA AK/JSG/FK/IZ 21nov2017

21 Novembro 2017 11:57:37


xhtml CSS