UE concede 21 milhões a favor de vítimas de ataques de Boko Haram

Bruxelas, Bélgica (PANA) - O Comissário Europeu para Ajuda Humanitária e Situações de Crise, Christos Stylianides, iniciou sexta-feira uma visita de trabalho à Nigéria durante a qual vai reunir-se com o Vice-Presidente nigeriano, Yemi Osingbajo, para fazer o balanço das consequências humanitárias dos ataques do grupo islamita Boko Haram sobre as populações civis, soube-se de fonte oficial.

Segundo um comunicado transmitido à PANA em Bruxelas, durante este encontro, o responsável europeu deve anunciar a concessão duma ajuda humanitária de 21 milhões de euros a favor das vítimas dos ataques do Boko Haram e das populações deslocadas na Nigéria e nos países vizinhos depois dos ataques do grupo terrorista.

Estes créditos são destinados a prestar apoio imediato às populações necessitadas, como água potável, víveres, abrigos, os cuidados de saúde e proteção às populações deslocadas, bem como às comunidades de acolhimento do nordeste da Nigéria.

Destes créditos, 12 milhões e 500 mil euros são destinados às populações deslocadas da  Nigéria e oito milhões e 500 mil de euros aos refugiados que estão no Níger, nos Camarões e no Tchad.

Segundo relatórios oficiais, os ataques do Boko Haram causaram a deslocação de um milhão e 500 mil pessoas na Nigéria e obrigaram mais de 230 mil outras a fugir no Níger, nos Camarões e no Tchad.

-0-  PANA AK/BEH/MAR/TON 19junho2015

19 Junho 2015 22:22:56


xhtml CSS