UE coloca Guiné na lista negra em matéria de pesca

Bruxelas, Bélgica (PANA) - A União Europeia (UE) decidiu colocar a Guiné na lista negra dos países insuficientemente ativos na luta contra a pesca ilícita, indica um comunicado do Conselho dos Estados-membros enviado terça-feira à imprensa em Bruxelas.

Em consequência desta decisão, qualquer produto da pesca capturado pelos navios com pavilhão da Guiné está proibido de importação na União Europeia e os navios europeus estão interditados de pescar nas águas territoriais guinenses.

Além disso, nenhuma forma de cooperação com os países da UE no domínio da pesca será possível, nomeadamente as operações conjuntas de pesca e a conclusão de acordos de pesca com a Guiné.

A UE espera que depois destas medidas a Guiné intensifique os esforços para erradicar a pesca ilícita.

Por outro lado, o comunicado da UE indica que o Togo foi formalmente advertido em 2012 sobre a pesca ilegal no mar.

As medidas corretivas tomadas pelo Governo togolês são seguidas em permanência no quadro dum diálogo bilateral e um relatório de situação será brevemente elaborado sobre a pesca nas águas territoriais togolesas.

-0- PANA AK/JSG/MAR/TON  25março2014

25 Março 2014 17:18:52


xhtml CSS