UA saúda baixa de violência na Líbia

Addis Abeba, Etiópia (PANA) - O Comité de Alto Nível da União Africana (UA) sobre a Líbia saúda progressos realizados na Líbia nos últimos meses, congratulando-se com estes desenvolvimentos "positivos" no país.

Numa declaração divulgada pela Missão de Apoio das Nações Unidas na Líbia (MANUL) na sua página Facebook, no final da sua reunião terça-feira última em Addis Abeba, na Etiópia, o Comité indicou ter prestado atenção à baixa da violência registada no primeiro trimestre de 2018 neste país.

Os participantes na reunião apreciaram o papel das Nações Unidas neste contexto, realçando o regresso da MANUL a Tripoli, a capital líbia, e apelaram às outras organizações e países para fazerem de mesmo.

Saudaram os progressos realizados na operação de registo para eleições e deram relevo à participação ativa em toda a Líbia, em particular a dos jovens e mulheres, exigindo de todas as partes o respeito pela agenda das eleições.

Um plano de ação de Ghassan Salamé, chefe da MANUL, apresentado a 20 de setembro último e destinado a relançar o processo político na Líbia, abrange três etapas, designadamente a emenda ao acordo político, a organização duma conferência inclusiva e a adoção duma constituição permanente para o país em previsão das eleições legislativas e presidenciais.

O Comité de Alto Nível da UA é composto pela Mauritânia, pelo Níger, pelo Congo, pela Etiópia e pela África do Sul.

-0-PANA BY/BEH/SOC/MAR/DD 19abril2018

19 Abril 2018 11:26:37




xhtml CSS