UA reafirma determinação a resolver crise pós-eleitoral no Gabão

Addis Abeba, Etiópia (PANA) – O presidente da União Africana (UA) e chefe de Estado tchadiano Idriss Deby Itno, reafirmou segunda-feira, a determinação da organização pan-africana a ajudar as partes desavindas no Gabão a alcançarem uma resolução rápida da situação crítica pós-eleitoral prevalecente no país.

Num comunicado divulgado pela Comissão da UA (CUA), o Presidente Deby Itno indicou que a UA vai ajudar o Gabão, com o apoio dos países da região, entre outros parceiros abrangidos, « no respeito estrito pelas disposições constitucionais e jurídicas e igualmente à luz dos instrumentos pertinentes da UA sobre a democracia e as eleições ».

O Gabão está confrontado com uma crise política depois da proclamação dos resultados provisórios, a 31 de agosto último, das presidenciais organizadas quatro dias antes, das quais o líder da oposição, Jean Ping, se autoproclama vencedor.

O presidente da UA indicou manter uma ligação constante com os principais atores gaboneses e igualmente com outras partes abrangidas.

Sublinhou, para o efeito, que uma delegação de alto nível, composta por chefes de Estado africanos, acompanhados por altos funcionários da CUA e das Nações Unidas, está pronta para rumar para Libreville, a capital gabonesa, logo que as condições sejam reunidas para uma tal visita, acrescentou o comunicado.

-0- PANA AR/ASA/BEH/SOC/MAR/DD 06set2016

06 Setembro 2016 09:32:14




xhtml CSS