UA nomeia enviado especial para a RCA

Dakar- Senegal (PANA) -- O Presidente interino da Comissão da União Africana (UA), Amara Essy, nomeou Sadok Fayala como seu enviado especial para a República Centro Africana (RCA).
A Comissão anunciou quinta-feira que a designação de Fayala se enquadrava nos esforços da UA para a procura da paz e estabilidade na RCA.
Na sua 89ª sessão ordinária, realizada a 15 de Janeiro de 2003 em Addis Abeba, o órgão central do Mecanismo para a Prevenção, Gestão e Resolução de Conflitos da UA aprovou a abertura de um escritório de ligação da União na República Centro Africana.
A reunião analisou a situação na RCA e as relações entre este país da África Central e o Tchade.
O escritório de ligação terá como missão assegurar os contactos regulares com as autoridades da RCA e outras partes ligadas a vida política e social do país, bem como apoiar o processo de reconciliação em curso.
Nascido a 1 de Setembro de 1949 em Sidi Ameur, na Tunísia, Sadok Fayala tem um mestrado em Ciências Económicas pela Universidade de Paris.
Fayala ocupou vários cargos no governo, dentre os quais o de Secretário de Estado para os Assuntos Africanos.
Entre Setembro de 1990 e Outubro de 1991 foi Embaixador da Tunísia no Senegal, Mali, Guiné Conacry, Cabo Verde e Gâmbia.
Sadok Fayala deverá partir em breve para a RCA e outros países da região para iniciar contactos com as partes envolvidas no processo, adiantou a UA num comunicado.

13 Fevereiro 2003 19:42:00




xhtml CSS