UA insta sociedade civil senegalesa a participar em eleições do ECOSOCC

Dakar, Senegal (PANA) – A Comissão da União Africana (CUA)  instou as organizações da sociedade civil senegalesa a participar no processo eleitoral do Conselho Económico, Social e Cultural (ECOSOCC) a fim de representar o seu país no seio deste órgão consultivo da organização continental.

O anúncio foi feito esta terça-feira em Dakar durante uma campanha de motivação e sensibilização organizada pelo ECOSOCC em colaboração com o Ministério senegalês dos Negócios Estrangeiros.

Esta campanha, que envolve as cinco regiões do continente, visa explicar e incitar todas as organizações da sociedade civil africana a participar em massa nas eleições da Assembleia Geral do ECOSOCC.

Segundo o ECOSOCC,  ela inclui a parceria entre os Governos e a sociedade civil a níveis superiores de gestão dos assuntos públicos a fim de lhe encorajar a organizar-se para contribuir para a direção do continente e partilhar o poder e a responsabilidade da governação.

« Viemos comunicar com a sociedade civil senegalesa que conhecemos muito ativa e viva. Dispomos de informações para partilhar e queremos que o Senegal esteja representado de forma quantitativa, mas sobretudo qualitativa  no seio do ECOSOCC”, declarou a diretora de Informação e Comunicação da CUA,  Habiba Mejri-Cheick.

« Constatámos a falta de candidaturas. Por isso viemos abrir um debate e discutir sobre os impactos para que as candidaturas do Senegal estejam à altura do nosso projeto comum que queremos construir com os Governos, mas também com a sociedade civil pois é uma aprendizagem democrática”, acrescentou.

Segundo o chefe da Divisão de Citadania e Diáspora da Comissão da UA (CIDO/CUA), Jalel Chelba, esta campanha foi iniciada devido à falta de participação das organizações da sociedade civil de alguns Estados no processo eleitoral.

« Durante a Cimeira de Malabo, na Guiné Equatorial, o Conselho Executivo do ECOSOCC pediu à Comissão para realizar uma campanha continental com vista a mobilizar todo o continente. Decidimos concentrar a campanha nos Estados que não têm um número suficiente de candidatos elegíveis. É por isso que viemos hoje ao Senegal”, afirmou.

O ECOSOCC  foi criado pelos artigos 5 e 22 da Ata Constitutiva da União Africana para servir de plataforma para o estabelecimento duma parceria entre os Governos e todas as componentes da sociedade civil africana.

Ele integra 150 membros, dos quais dois representantes para cada um dos países-membros, oito representantes continentais, 10 representantes sub-regionais, 20 membros da diáspora e seis representantes designados pela Comissão da UA com base em considerações específicas em consulta com os países-membros.

O ECOSOCC incarna o  princípio da democracia ao seu mais alto nível  já que ele está encarregue de conduzir as organizações de base da sociedade civil para tomada de decisões que lhes permitam assumir a sua parte de responsabilidade na edificação do projeto de integração e desenvolvimento sustentável do continente.

Esta eleição vai permitir formar a segunda Assembleia Geral do ECOSOCC prevista para o fim deste ano.

-0- PANA KAN/AAS/FK/TON  19agosto2014

19 Agosto 2014 18:22:38




xhtml CSS