UA e Liga Árabe apoiam processo democrático na Líbia

Tripoli, Líbia (PANA) – A promoção do processo democrático na Líbia é apoiada a níveis regional e internacional, nomeadamente, pela Liga dos Estados Árabe (LEA), pela União Africana (UA) e por outras organizações, garantiu esta quarta-feira o ministro líbio dos Negócios Estrangeiros, Mohamed Abdelaziz.

Numa declaração à margem da visita do emissário do secretário-geral da LEA, Naser al-Koudwa, o chefe da diplomacia líbia indicou que esta visita traduz a vontade da LA de ativar o seu papel político em virtude da sua missão para com todos os países árabes, sobretudo em matéria de questões de interesse comum.

Naser al-Koudwa avistou-se no mesmo dia com o primeiro-ministro líbio, Abdallah al-Theni, para analisar  a forma de ajudar a Líbia durante o período de transição  com vista a passar do Estado da revolução para o Estado de direito e de instituições, indicou o chefe da diplomacia líbia citado pela Agência Líbia de Notícias (LANA).

As duas partes trocaram impressões sobre a situação atual na Líbia, nomeadamente, a segurança e os resultados das eleições parlamentares, de acordo com esta mesma fonte.

Os dois responsáveis trocaram igualmente os seus pontos de vista sobre a próxima reunião dos países vizinhos da Líbia prevista para a Tunísia  e sobre a formulação de ideias suscetíveis de promover o apoio a prestar à Líbia nesta fase, acrescenta a fonte.

A Tunísia alberga, de 13 a 14 de julho corrente, uma reunião dos ministros dos Negócios Estrangeiros dos  países vizinhos da Líbia (Argélia, Egito, Sudão, Tchad, Níger e Tunísia) na presença de representantes da Liga dos Estados Árabes e da União Africana.

-0- PANA/BY/BEH/IBA/FK/IZ 09julho2014

09 Julho 2014 19:59:30




xhtml CSS