UA cria Centro Meles Zenawi na NEPAD

Addis Abeba, Etiópia (PANA) – A XX Cimeira da União Africana (UA), iniciada domingo em Addis Abeba, decidiu criar no seio da Nova Parceria para o Desenvolvimento de África (NEPAD) um centro Meles Zenawi, em homenagem ao ex-primeiro-ministro etíope falecido em dezembro último.

« Eu desejo exprimir toda a minha gratidão ao Comité dos Chefes de Estado e de Governo para para a Orientação da NEPAD por aceitar a proposta de criar no seio da NEPAD um Centro Meles Zenawi para o Desenvolvimento Sustentável », declarou na abertura da cimeira o primeiro-ministro etíope, Hailemarian Dessalegn,  instalado domingo na  Presidência em exercício da UA.

« Esta decisão é um imenso reconhecimento à contribuição do meu finado predecessor para a promoção e a realização da NEPAD », acrescentou.

Vários outros oradores da cerimónia de abertura prestaram igualmente homenagem ao antigo primeiro-ministro etíope, afirmando que a sua morte era uma "perda colossal" para todo continente.

« Guardamos ainda no espírito a força de convicção do primeiro-ministro Meles Zenawi e o seu envolvimento notável na causa africana, bem como a qualidade da sua liderança », declarou o Presidente beninense, Boni Yayi, Presidente em exercício cessante da UA.

O ex-primeiro-ministro etíope falecido a 21 de dezembro último em Bruxelas (Bélgica), na sequência de doença, presidiu durante vários anos ao Comité dos Chefes de Estado e de Governo para a Orientação da NEPAD.

O chefe do Estado senegalês, Macky Sall, que lhe sucedeu sábado na presidência da NEPAD, comprometeu-se a dar uma nova dinâmica à organização, prometendo a busca de financiamentos inovadores e o envolvimento do setor privado africano para a realização dos projetos da organização.

-0- PANA SEI/TBM/IBA/FK/TON 28jan2013

28 Janeiro 2013 10:05:30




xhtml CSS