UA condena incidentes de Kidal no Mali

Abidjan, Côte d'Ivoire (PANA) - A presidente da Comissão da União Africana (UA), Nkosazana Dlamini-Zuma, condenou firmemente os incidentes ocorridos a 16 e 17 de maio corrente em Kidal no Mali, durante a visita do primeiro-ministro maliano, Moussa Mara.

Num comunicado transmitido à PANA, Dlamini-Zuma, deplorando as perdas em vidas humanas, condena igualmente a ocupação atual do governo da cidade por elementos armados, que detêm funcionários como reféns.

Além disso, reiterando a posição da UA sobre a unidade e a igualdade nacional do Mali, a presidente Dlamini-Zuma apela aos protagonistas para implementarem o acordo preliminar de Ouagadougou de 18 de junho de 2013.

Nesta lógica, Dlamini-Zuma sublinha a importância da abertura das negociações inclusivas previstas pelo Acordo para promover uma reconciliação duradoura, enfrentar o desafio do desenvolvimento socioeconómico e consolidar as conquistas da estabilização do Mali.

-0- PANA BAL/JSG/MAR/IZ 19maio2014

19 Maio 2014 10:11:02


xhtml CSS