UA condena ataque terrorista em Nice, em França

Addis Abeba, Etiópia (PANA) – A presidente da Comissão da União Africana (CUA), Nkosazana Dlamini Zuma, condenou firmemente o ataque terrorista horrível no qual morreram mais de 80 pessoas, muito cedo de manhã, sexta-feira última em Nice, em França.

Num comunicado transmitido à PANA em Addis Abeba, a presidente da CUA advogou a cooperação internacional acrescida na luta contra o terrorismo internacional.

Um assaltante no volante dum camião irrompeu por uma multidão que estava a celebrar a festa nacional da tomada da Bastilha, a 14 de julho corrente, e matou vários civis inocentes e causou ferimentos a outras pessoas, referiu a nota.

A presidente da Comissão da UA exprimiu a solidariedade da organização pan-africana ao Governo e povo de França, apresentando as suas condolências às famílias enlutadas e desejando uma cura pronta aos feridos.

Dlamini Zuma reafirmou igualmente a forte rejeição, pela UA, de todos os atos de terrorismo e de extremismo violento que, a seu ver, « não têm o seu lugar na sociedade moderna ».

Reiterou o compromisso da UA de continuar a trabalhar com França, outros países da União Europeia (UE) e a comunidade internacional no seu todo na luta contra o terrorismo e o extremismo violento.

Defendeu esforços redobrados com vista a partilhar a informação ligada ao terrorismo, informações e dados como uma estratégia para identificar e perseguir terroristas no mundo.

-0- PANA AR/MTA/BEH/SOC/FK/DD 16julho2016

16 Julho 2016 14:07:26




xhtml CSS