UA condena ataque contra quartel do Exército maliano no norte do país

Bamako, Mali (PANA) – O alto representante do presidente da Comissão da União Africana   para o Mali e Sahel (MISAHEL),  Pierre Buyoya,  condenou com veemência o ataque terrorista perpetrado a 18 de abril  corrente, contra o quartel das forças especiais do Exército maliano em Gourma-Rarhous, na província de Tombouctou (norte do Mali) que fez cinco mortos e vários feridos.

Segundo um comunicado do MISAHEL transmitido este domingo à PANA, em Bamako, entre as vítimas
encontram-se militares malianos.

« O alto representante condena com firmeza este ataque cobarde e bárbaro  que causou vários mortos, feridos bem como danos materiais importantes. Ele apresenta as suas condolências mais sinceras às famílias dos desaparecidos e deseja uma pronta recuperação aos feridos”.

Face a esta agravação da situação, o alto representante reitera o seu apoio ao Governo maliano e às Forças Armadas malianas, nomeadamente no quadro do difícil processo de paz  que é visado pelos terroristas.

Ele reitera igualmente a necessidade de instalação rápida da força  conjunta do G5 Sahel cujo conceito  estratégico de operação foi validado durante  679ª reunião do  Conselho de Paz e Segurança (CPS) da União Africana, com vista a intensificar os esforços já iniciados.

-0- PANA GT/BEH/FK/IZ  23abril2017

23 Abril 2017 15:04:32


xhtml CSS