UA celebra Aimé Césaire e Miriam Makeba

Addis Abeba- Etiópia (PANA) -- África vai render homenagem a Aimé Césaire e a Myriam Makeba domingo próximo em Addis Abeba, revelou sexta-feira durante uma conferência de imprensa a comissária da União Africana encarregue do Desenvolvimento Social, Saúde Materna e Infância, Bience Gawanas.
Uma cerimónia em memória dos ilustres desaparecidos será organizada para este efeito.
É importante que África reconheça as suas contribuições para a emancipação do continente, sublinhou Gawanas, acrescentando que estes ícones contribuíram para definir o património cultural de África.
Ela lembrou-se de que Myriam Makeba assistiu, em 1963 em Addis Abeba, à criação da Organização da Unidade Africana (OUA) e cantou mesmo para abençoar esta organização.
Quanto a Aimé Césaire, descendente de África, "a sua contribuição para o renascimento africano permitiu forjar uma consciência negra", declarou.
Ao abordar as questões sociais, Gawanas estimou, por outro lado, que "a protecção social é a via a seguir se nós quisermos combater a pobreza", acrescentando que "se investirmos no ser humano, investimos no futuro do continente".
A União Africana definiu um quadro de política social que mobiliza e harmoniza as diferentes iniciativas lançadas no continente.
O objectivo é, segundo a comissária da UA para o Desenvolvimento Social, Saúde Materna e Infância, aplicar as medidas destinadas à emancipação social do continente.

30 Janeiro 2009 17:51:00




xhtml CSS